15_02_2017_15_35_06xxxx.jpg

A ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA, COMO FUNCIONA?

 

A energia solar fotovoltaica é uma tecnologia que permite a geração própria de energia elétrica. É obtida através de módulos fotovoltaicos que, instalados em telhados ou em áreas externas, captam a radiação proveniente do sol e a convertem em energia elétrica que pode ser usada diretamente para suprir todas as necessidades energéticas de uma casa, comércio ou indústria.

É uma tecnologia de geração de energia limpa, pois não consome matéria-prima, combustível e nem recursos naturais. E não gera resíduo e nem gases poluentes ao meio ambiente. Ao contrário, evita a emissão de gases de CO² na atmosfera. Utiliza como fonte de energia a irradiação solar, um recurso abundante, gratuito e infinito na natureza.

 

REGULAMENTAÇÃO

 

A tecnologia de geração própria de energia por sistema fotovoltaico conectado a rede é regulamentado no Brasil pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL pela Resolução 482 de 2012 (atualizada em 2015). Com a regulamentação qualquer pessoa física ou jurídica no território nacional pode ter sua própria usina de geração de energia elétrica através de um sistema fotovoltaico, tornando-se um microgerador (até 100kWp) ou minigerador de energia (até 1 MWp).

 

SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DE ENERGIA

 

Um sistema de geração de energia fotovoltaica instalado em seu telhado é projetado para suprir toda a necessidade energética de sua casa. Com isso sua conta de energia pode ter uma redução de até 90% em seu valor total. Isso se deve ao sistema de compensação de energia empregado no Brasil. A compensação de energia (ou net metering em inglês) é um procedimento no qual um consumidor de energia elétrica instala um sistema fotovoltaico e a energia gerada é usada para abater o consumo de energia elétrica do local. Quando a geração for maior que o consumo e houver excedente, o saldo positivo de energia poderá ser utilizado para abater o consumo na conta de energia do próximo mês ou em outro local que esteja sob a mesma concessionaria de energia e sob o mesmo CPF/CNPJ do acessante do sistema.

VANTAGENS DE SE UTILIZAR A ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

 

Um sistema fotovoltaico de geração de energia é um investimento e não um gasto. A energia gerada pelo sol em seu telhado irá reduzir sua conta de energia e após alguns anos o investimento terá sido totalmente pago. Após o retorno financeiro (payback) do sistema você poderá usufruir de energia elétrica literalmente de graça!

Além disso, a adesão à energia solar fotovoltaica traz inúmeras vantagens como:

 

  • Economia financeira – sua conta de energia será drasticamente reduzida;
  • Anula os efeitos da inflação da tarifa de energia – protege o bolso;
  • A energia vem de uma fonte gratuita, limpa e inesgotável – o sol;
  • Baixíssima manutenção no sistema – ele é autossustentável;
  • É integrado a rede elétrica existente – fácil instalação;
  • Valorização imobiliária – valoriza em até 30% seu imóvel;
  • Vida útil de até 35 anos do sistema;

 

Veja abaixo os componentes de um sistema fotovoltaico:

Sem título5.png

1 – Painéis Solares: Os módulos fotovoltaicos são instalados nos telhados ou áreas externas e são os responsáveis por converter a energia luminosa proveniente do sol em energia elétrica. A energia produzida pelos módulos é em corrente contínua (CC).

 

2 – Inversor interativo: Este equipamento basicamente converte a corrente contínua coletada dos módulos fotovoltaicos em corrente alternada, para ser consumida pela residência. Além disso, o inversor interativo possui um sofisticado sistema eletrônico que o transforma em uma fonte de corrente, realizando ajustes complexos na corrente alternada para ajustá-la no formato senoidal e sincronizando-a com a forma de onda senoidal da rede da concessionária. Como medida de segurança, na ausência ou falha no fornecimento de energia pela concessionária o inversor desliga-se automaticamente, isolando todo o sistema.

 

3 – Quadro elétrico: Todos os componentes do sistema fotovoltaico conectado a rede serão instalados em um quadro elétrico que poderá ser independente ou junto com um quadro elétrico já existente. No quadro elétrico serão instalados os dispositivos de seccionamento e proteção elétrica da rede.

 

4 – Consumidores: Neste item encontram-se todos os aparelhos eletroeletrônicos, lâmpadas, máquinas e equipamentos presentes comumente dentro de uma residência e que consomem energia elétrica.

 

5 – Medidor de Energia: O medidor de energia geralmente é localizado no poste de energia elétrica e é o responsável por medir a quantidade de energia que é consumida pelo cliente. O sistema fotovoltaico é ligado diretamente no relógio de medição e quando a energia gerada pelo sistema é maior que a consumida pela casa o excedente é injetado na rede elétrica. É através do relógio medidor de energia que a concessionária de energia local vai medir quanto de energia foi produzida e quanto foi consumida para gerar a conta de energia no final do mês.